Compartilhe
controle biológico

A Importância do Controle Biológico para a Agricultura Brasileira

O controle biológico no Brasil tem se tornado uma prática cada vez mais relevante e necessária no contexto agrícola. Essa abordagem sustentável visa, de maneira eficaz, prevenir, reduzir ou erradicar infestações de pragas e doenças nas lavouras. Tudo isso por meio da utilização de inimigos naturais, que podem variar desde insetos predadores e parasitoides até microrganismos como fungos, bactérias e vírus.

A relevância do controle biológico para a agricultura brasileira transcende a mera redução do uso de ferramentas químicas. Diversos benefícios são alcançados, incluindo a promoção da sustentabilidade ambiental, eficiência econômica e a preservação da saúde humana, do solo e do ambiente.

O controle biológico está alinhado com práticas agrícolas sustentáveis. Da mesma forma, atende a padrões cada vez mais rigorosos de consumidores conscientes da importância da produção de alimentos de forma responsável e segura. Em relação ao meio ambiente, essa abordagem preserva os inimigos naturais das pragas, como predadores e parasitoides, permitindo que desempenhem seu papel natural no equilíbrio dos ecossistemas agrícolas.

O Brasil e o controle biológico

Além disso, a diversificação de métodos de controle, incluindo o biológico, contribui para evitar a resistência de pragas e doenças as ferramentas convencionais. Deste modo, prolonga e aprimora a eficiência dos métodos de manejo. No Brasil, dentro do contexto do controle biológico, tem ganhado destaque (como parte integral das práticas agrícolas sustentáveis) a adoção de ferramentas biológicas de alta qualidade e eficiência agronômica. Como resultado, o manejo biológico não surge como apenas uma alternativa. E sim torna-se essencial para promover uma agricultura sustentável, preservar a biodiversidade e garantir a segurança alimentar. O agricultor brasileiro destaca-se globalmente ao liderar a adoção de insumos biológicos, abrangendo aproximadamente 60% das propriedades, seguido por União Europeia, China e Estados Unidos, respectivamente.

Por fim, no contexto da agricultura brasileira, onde a biodiversidade é rica e a produção agrícola desempenha um papel econômico vital, a adoção de práticas de controle biológico é estratégica para o futuro da agricultura no país. O Brasil está na vanguarda dessa abordagem, aproveitando suas riquezas naturais para construir um futuro agrícola mais equilibrado e sustentável.

 

Leia Mais

Os inseticidas microbiológicos são ferramentas de controle de insetos-praga, amplamente utilizadas no Manejo Integrado de Pragas (MIP). Essa adoção crescente...

A cigarrinha-do-milho (Dalbulus maidis) é uma praga persistente que pode causar danos significativos às plantações de milho. Por isso, adotar...